Terno de Reis

Terno de Reis
A tradição do Terno de Reis faz parte da cultura de nossa região, do nosso povo.

quinta-feira, 13 de julho de 2017

O EX-PRESIDENTE LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA É CONDENADO A NOVE ANOS E MEIO DE CADEIA PELO JUIZ SERGIO MORO - BRASIL


Tudo o que você precisa saber sobre a condenação de Lula
A segunda instância vai manter a condenação? Como fica 2018? Para onde vai a bolsa? Abaixo, as seis respostas fundamentais sobre o caso

Por EXAME Hoje

access_time12 jul 2017, 16h36

Lula: ele se tornou nesta quarta o 1º ex-presidente condenado por corrupção na história do Brasil (Nacho Doce/Reuters

A condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo juiz Sergio Moro a nove anos e seis meses de prisão por lavagem de dinheiro e corrupção passiva no caso do tríplex do Guarujá abriu uma nova leva de incertezas políticas e econômicas.

A segunda instância vai manter a condenação? Como fica 2018? Para onde vai a bolsa? Abaixo, as seis respostas fundamentais sobre o caso.

1 – Por que Lula foi condenado?

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se tornou nesta quarta-feira o primeiro ex-presidente da República condenado por corrupção na história do Brasil.

O juiz federal Sergio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato em primeira instância em Curitiba, considerou Lula culpado dos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro atribuídos a ele pelo Ministério Público Federal (MPF) no caso envolvendo o tríplex no Guarujá, reservado ao petista pela OAS e reformado pela empreiteira ao custo de 2,4 milhões de reais.

Além deste processo, em que Lula foi sentenciado a 9 anos e seis meses de prisão, o ex-presidente é réu em outras quatro ações penais e alvo de uma denúncia do MPF ainda não analisada por Sergio Moro. A sentença afirma que, uma vez que o ex-presidente Lula teve comportamentos de intimidação da Justiça e de orientar terceiros para destruição de provas, “até caberia cogitar a decretação da prisão preventiva”. Porém, foi considerado prudente aguardar o julgamento pela Corte de Apelação, antes de fazer cumprir a pena, já que a prisão cautelar de um ex-presidente “não deixa de envolver certos traumas”. Assim, Lula poderá apresentar sua apelação em liberdade.

2 – A decisão será mantida em segunda instância?

Se a condenação em primeira instância era dada como certa, a posição do Tribunal Regional Federal da 4ª região, em Porto Alegre, ainda é uma incógnita. Dos 43 condenados por Sergio Moro que chegaram à corte, 12 terminaram absolvidos. E em apenas 13 vezes as penas foram mantidas – um índice de apenas 30%, como revelou o jornal O Estado de S. Paulo. O caso mais recente de absolvição foi do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, acusado de corrupção passiva, associação criminosa e lavagem de dinheiro. Vaccari foi absolvido pela 8ª Turma Criminal, que considerou que as provas contra ele eram “insuficientes” e baseadas apenas em “delações premiadas”. O caso de Lula também será analisado pelos três desembargadores da 8ª Turma, composta por Victor Luiz dos Santos Laus, João Pedro Gebran Neto e Leandro Paulsen. Mas seu caso pode ter outro desfecho, na visão de analistas políticos. “O mundo vai cair em cima deste colegiado de juízes. O melhor que eles têm a fazer é manter a decisão”, afirma Sérgio Praça, cientista político da FGV e colunista de EXAME Hoje.

3 – Lula será candidato?

A 452 dias das eleições de 2018, a possibilidade de que Lula seja candidato não está 100% descartada. Focado justamente na narrativa de perseguição jurídica, que ganha mais um capítulo nesta quarta-feira, o ex-presidente tem 30% das intenções de voto em todos os cenários de primeiro turno, segundo a pesquisa Datafolha de junho. Seus apoiadores dizem que a condenação tem como propósito inviabilizá-lo nas eleições de 2018, evitando o retorno da esquerda ao Palácio do Planalto. O que vale portanto, é a confirmação ou não da sentença pelo TRF-4. Pela Lei da Ficha Limpa, é a primeira decisão colegiada que caracteriza a inelegibilidade de um candidato. Entre as apelações das defesa de condenados pela Lava-Jato à segunda instância já julgadas, o tempo médio de decisão é de 342 dias, cerca de um ano. A maior delas chegou a 21 meses. O que resta de dúvida no caso de Lula, portanto, é quanto tempo o tribunal colegiado levará para confirmar ou rejeitar a decisão de Moro. O registro de candidatura para a Presidência da República costuma acontecer seis meses antes do pleito, marcado para 7 de outubro de 2018, mas o caso fica em aberto até o julgamento do registro pela Justiça Eleitoral, que acontece antes da posse. Mesmo que a candidatura seja registrada, há a possibilidade de cassação do registro por conta da condenação. “O processo deve acelerar ainda mais a campanha do Lula para a presidência, já que fica mais sensível prender o candidato que lidera as pesquisas”, afirma Renato Meirelles, sócio da empresa de pesquisas Locomotiva.

4 – O que ainda pesa contra Lula?

Há outras cinco frentes de investigação contra o ex-presidente, com Lula réu em quatro delas:

1 – Terreno e cobertura bancados pela Odebrecht;
2 – Compra do silêncio de Nestor Cerveró;
3 – Favorecimento à Odebrecht no BNDES;
4 – Caças suecos e venda de Medida provisória;
5 – Sítio em Atibaia reformado por empreiteiras, em que Lula ainda é apenas denunciado.

5 – Como a condenação afeta o cenário político?

A esquerda tentará fortalecer o discurso de que Lula sofre uma perseguição política. É uma tentativa de criar simpatia para melhorar o cenário nas eleições de 2018 de forma que, mesmo que o ex-presidente seja condenado em segunda instância e não possa ser candidato, outro nome do mesmo campo político se capitalize politicamente. O líder do PT na Câmara, deputado Carlos Zarattini, reforçou o discurso. “Moro foi quem condenou, quem investigou, quem denunciou e julgou”, disse. Assim como o senador Lindbergh Farias. “Não vamos aceitar um processo eleitoral sem Lula, é fraude, é uma farsa, vamos denunciar internacionalmente […]. A Justiça brasileira sempre jogou do lado da elite, e sempre foi muito dura com os movimentos sociais”, afirmou.

Até aqui, o discurso de perseguição está ajudando a fortalecer o ex-presidente – em um ano subiu de 17% para 30% das intenções de voto. Para o professor de Ética e Filosofia na UNICAMP, Roberto Romano, a corrida pela persuasão se intensifica a partir de hoje. Assim, considerando que 17% seria o chão para Lula, esses 13% estão em jogo para a esquerda – Lula sendo candidato ou não. “Claro que essa condenação vai prejudicar a esquerda. Hoje o Lula é reconhecido como culpado por corrupção e pelo espaço de tempo que temos, já é possível avaliar que dificilmente poderá concorrer às eleições porque deve ser condenado em segunda instância”, diz o líder do Democratas na Câmara, deputado Efraim Filho.

6 – Como fica a bolsa?

A bolsa disparou 1% após a condenação de Lula, mas, segundo analistas, trata-se de algo pontual. “Foi um movimento pautado mais pela emoção e euforia do que pelo racional”, diz Raphael Figueredo, analista da corretora Clear. A denúncia enfraquece a candidatura de Lula para 2018, mas não o impossibilita de concorrer às eleições. A possibilidade de Lula presidente, portanto, continuará a assombrar investidores e impedir uma grande alta da bolsa. Ao longo dos próximos dias os investidores voltarão a se atentar para o cenário político atual. A denúncia contra o presidente Michel Temer, que tramita na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, e a reforma da Previdência são as notícias que mais interessam neste momento. Lula é um problema para depois.

Fonte: http://exame.abril.com.br/brasil/tudo-o-que-voce-precisa-saber-sobre-a-condenacao-de-lula/

sexta-feira, 7 de julho de 2017

FESTA EM LOUVOR A SANTA CLÉLIA 2017




De 09 a 13 de julho de 2017, com o tema: “SANTA CLÉLIA, DISCÍPULA FIEL DO SENHOR”, a Comunidade Santa Clélia, da Paróquia Nossa Senhora das Graças em Jequié-BA, localizada no Alto da Bela Vista, Bairro Joaquim Romão, tem a honra de convidar você e sua família para participarem desse momento festivo conosco, em louvor a sua padroeira, que juntamente com o Pe. Raimundo Soares, Pe. Inácio Sérgio e Pe. Waldomiro Sabino, as Irmãs Mínimas de Nossa Senhora das Dores e o Conselho Comunitário aguardam com muita alegria a sua presença e participação. Participe!

Por Romildo costa

quinta-feira, 18 de maio de 2017

BRASIL MAIS UMA VEZ MERGULHA EM UMA CRISE POLÍTICA

DESTA VEZ DENÚNCIAS ATINGEM DIRETAMENTE O ATUAL PRESIDENTE DA REPÚBLICA MICHEL TEMER




Denúncia contra Temer paralisa Congresso Nacional

Câmara suspendeu a sessão extraordinária da quarta-feira; senadores da oposição pretendem protocolar pedido de impeachment

As denúncias veiculadas nesta quarta-feira (17) de que Michel Temer teria sido gravado dando aval para que fosse "comprado" o silêncio do ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preso na Operação Lava Jato, repercutiram no Congresso Nacional.

Na Câmara dos Deputados, a segunda sessão extraordinária do dia foi encerrada pelo presidente da Casa, Rodrigo Maia. Logo que as notícias foram veiculadas pela internet, parlamentares foram à tribuna do plenário para comentar o episódio. A deputada Alice Portugal (PCdoB-BA) disse que a Câmara não poderia votar medidas provisórias “editadas por um governo desmoralizado por toda a mídia”.

Alessandro Molon (Rede-RJ) protocolou na secretaria-geral da Mesa um pedido de impeachment de Temer por crime de responsabilidade. Já o deputado Esperidião Amin (PP-SC), que é relator da admissibilidade da PEC 227/16, que permite eleições diretas para a presidência da República, apresentou pedido de urgência para que o projeto possa ser votado no colegiado.

No Senado, Lindbergh Farias (PT-RJ) disse que os senadores da oposição se reuniriam na noite de hoje para formular um pedido de impeachment do presidente Michel Temer.

Em nota, Temer diz que "defende ampla e profunda investigação para apurar todas as denúncias veiculadas pela imprensa, com a responsabilização dos eventuais envolvidos em quaisquer ilícitos que venham a ser comprovados".

Com informações da Agência Senado e da Agência Câmara

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Morre a Irmã Miria Kolling, um dos grandes nomes da música litúrgica no Brasil




A Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria – Província Nossa Senhora Guadalupe – comunicou em nota, na última sexta-feira (5), o falecimento da Irmã Miria Therezinha Kolling, uma das maiores compositoras da música católica brasileira.

Irmã Miria Kolling faleceu no Hospital Santa Virgínia, em São Paulo (SP). A religiosa estava internada desde o dia 20 de abril, após sofrer um infarto. Míria foi submetida a uma angioplastia, mas não resistiu ao procedimento e veio a falecer.

Conhecida pelas contribuições que realizava em favor da Igreja e da música católica, ela nos deixa um grande legado. Foram 46 anos de caminho musical, nos quais foram compostas mais de 600 obras musicais litúrgicas, direcionadas a missas, à catequese e a hinos diversos, com composições inspiradoras que marcam gerações.

Pela PAULUS Editora, lançou diversas obras musicais, como os CDs Abre-te, ó Céu!; O Senhor, minha festa; Santos e Santas de Deus – vols. I e II; Cantarei ao meu Senhor; Deus é bom; Nas asas do amor; Santo Agostinho – Canta e caminha; Envia teu Espírito, Senhor; Francisco, no abraço do Redentor; Padrinho do povo (CD dedicado a Padre Cicero); Serei o amor – Santa Teresinha do Menino Jesus; Eterna Fonte – Inspirado na vida e obra de Santa Teresa d’Ávila; Santo é o Senhor – Ordinário da Missa e o livro de partitura Cantando os salmos e aclamações, entre outras.

Entre suas canções mais conhecidas relativas ao falecimento de entes queridos, estão os cantos “A vida pra quem acredita” e “Os olhos jamais contemplaram”. Dos cantos dedicados ao momento da comunhão, destacamos “A força da Eucaristia”.

Irmã Miria Kolling também era escritora e viajava pelo Brasil e pelo exterior, com especial dedicação às orientações sobre canto e liturgia. Além de seu imenso legado, ela nos deixa o testemunho de ser cristão. Que Deus a receba em sua infinita bondade.

Fonte:https://www.paulus.com.br/portal/noticias/imprensa/morre-a-irma-miria-kolling-um-dos-grandes-nomes-da-musica-liturgica-no-brasil.html#.WRYfsvnR-M8


O Blog Romildo Costa recorda saudosamente nossa querida Irmã Míria, somos todos caminheiros rumo à casa do Pai, alimentados pela Eucaristia, continuemos neste longo caminho embalados e animados por tuas canções que nos ajudam a rezar com discernimento a Deus. 

quinta-feira, 11 de maio de 2017

A Comunidade Nossa senhora de Fátima celebrou a 4ª noite dos Festejos a sua Padroeira com muito louvor , glória e alegria. A missa foi presidida pelo Pe. Willian Menezes da Paróquia Espírito Santo, contando com o concelebrante Pe. Raimundo Soares, em mais uma noite bem participada pelos fiéis daquela comunidade. 

Veja as imagens abaixo:
























terça-feira, 9 de maio de 2017

Mochilas distribuídas às criança pela Prefeitura de Jequié, no Estado da Bahia viram motivo de piadas e memes nas redes sociais







Na última sexta-feira (05/05), a Prefeitura Municipal de Jequié –Bahia/ Brasil, distribuiu mochilas aos quase 18 mil alunos da rede pública municipal, como objetivo de uma série de investimentos na área de educação da cidade de Jequié-BA, que além das mochilas receberam no kit estojo, caneta e borracha. No entanto, fotos que circularam de crianças pequeninas carregando nas costa mochilas grandes que chegavam algumas serem da altura da criança, virou motivo de piadas e memes nas redes sociais, transformando os pequenos alunos em Tartarugas Ninjas, jogo do Mário Bros e de paraquedistas. Ainda segundo a secretaria, foi tomada a atitude de também distribuir as mochilas para os alunos das creches para evitar qualquer tipo de discriminação, principalmente com as crianças menores, "prevalecendo assim o cuidado e a satisfação em ver a alegria das crianças e da família ao receberem as mochilas".

Por: Romildo Costa

O Secretário de Educação divulgou nota tentando explicar o ocorrido:


" o secretário de Educação, Roberto Gondim, fez um desabafo. “O que chama atenção é que embora digam que é grande para as crianças, ainda seria pequena se usada para abrigar os relatórios contendo os péssimos índices herdados na Educação local, que envolvem baixa matrícula, baixo IDEB, baixo IOEB e mais sério ainda, a baixa proficiência dos alunos da Rede Municipal de Ensino”, diz trecho do relato. 
E continua: “a tarefa de recuperar estes índices começou com o aumento significativo de matrículas na rede, até porque lugar de criança é na Escola, mas precisará na verdade de uma força tarefa que envolva toda a sociedade de Jequié para melhorar os péssimos índices deixados pelas gestões anteriores”. 
Na rede social, o secretário de Educação, Roberto Gondim, fez um desabafo. “O que chama atenção é que embora digam que é grande para as crianças, ainda seria pequena se usada para abrigar os relatórios contendo os péssimos índices herdados na Educação local, que envolvem baixa matrícula, baixo IDEB, baixo IOEB e mais sério ainda, a baixa proficiência dos alunos da Rede Municipal de Ensino”, diz trecho do relato. "

Fonte: http://www.bocaonews.com.br/noticias/interior/educacao/174484,jequie-apos-critica-ao-tamanho-das-mochilas-secretario-de-educacao-desabafa.html

Muitas fotos como estas abaixo não param de circular pela internet, provocando risos e memes:

 Prefeitura de Jequié distribui capacetes para mototaxistas


 Crianças saindo da escola








segunda-feira, 8 de maio de 2017

FESTA DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA EM JEQUIÉ-BA - 1ª NOITE PRESIDIDA PELO Pe. LEONARDO MIRANDA


No domingo (07/05), a Comunidade Nossa Senhora de Fátima iniciou seus festejos em missa celebrada pelo Padre Leonardo Miranda, contando com a participação de muitas pessoas das demais Comunidade e moradores locais. Muito bonita e bem participada a abertura dos Festejos 2017 naquela Comunidade: